Carlos Henrique Vasconcelos

CarlosHenriquedeFariasVasconcelos

Nome: Carlos Henrique de Faria Vasconcelos
Cidade/Estado: Belo Horizonte/Minas Gerais
Bio: Biólogo formado pela UFMG; mestre cervejeiro da Hofbräuhaus Belo Horizonte. Professor do curso de pós-graduação em Tecnologia Cervejeira do UNI-BH; professor do curso de graduação em Gastronomia da UMA; coordenador e professor do curso de sommelier de cervejas da ABS-MG; professor da Academia Barbante de Cerveja; pós-graduado em Tecnologia Cervejeira pelo UNI-BH; sommelier de cervejas formado pela Associação Brasileira de Sommeliers (ABS-MG), pela Academia Sommelier de Cervejas e pela Doemens Akademie. Cervejeiro caseiro produtor da “1977 – Cerveja Artesanal” e da “Alvinegra – A Cerveja Campeã do Gelo”. Ex-cervejeiro e consultor das cervejarias VMBEER e Krug & Áustria Bier, ambas de Nova Lima/MG
Atuação na cerveja: Cervejeiro(a) profissional/Mestre cervejeiro(a), Cervejeiro(a) caseiro(a), Sommelier/Sommelière, Professor
Site/blog: Não informou.
Facebook: www.facebook.com/chfvasconcelos
Twitter: twitter.com/chfvasconcelos
Instagram: instagram.com/chfvasconcelos
Untappd: untappd.com/user/chfv

***

1) Melhor Ale produzida no Brasil
Backer Las Mafiosas Corleone Imperial Red Ale. É de saltar aos olhos a qualidade de todas as cervejas da linha “Las Mafiosas”, ainda mais depois que passaram aos cuidados do mestre cervejeiro Sandro Duarte. E, na difícil tarefa de escolher só uma, opto por essa deliciosa Imperial Red Ale, com seus quase 8% de álcool e uma carga generosa de lúpulos.

Onde você a provou?
Evento/festival cervejeiro, Bar/restaurante/loja, Cervejaria/brewpub, Em casa

1a) Melhor IPA produzida no Brasil (American, English, Session, Imperial, Black, Belgian etc)
Ouropretana Ginger IPA. Cerveja deliciosamente refrescante, com doses assertivas de lúpulo em equilíbrio com o gengibre, que não ultrapassa em nada a quantidade apropriada. Cerveja para beber litros!

1b) Melhor Stout produzida no Brasil (Sweet, Dry, Export, Imperial etc)
Dogma Orfeu Negro Russian Imperial Stout. Alcoólica, sem perder o equilíbrio. Corpo intenso. Notas de café, chocolate, frutas escuras e baunilha. Bela cerveja.

2) Melhor Lager produzida no Brasil
Uaimií Barão de Eschwege. A Dortmunder Export da Cervejaria Uaimií, de Itabirito, tem um equilíbrio incrível. Tomá-la diretamente das torneiras no pub é um grande privilégio.

Onde você a provou?
Cervejaria/brewpub

2a) Melhor Bock/Doppelbock produzida no Brasil
Bamberg Maibaum. Escolhi a Bamberg Maibaum dado o meu encantamento por esse estilo. Pena não termos tantas Maibocks no Brasil, mas a Maibaum é a que mais se aproxima da qualidade das cervejas alemãs desse estilo, com seu belo toque maltado.
Menção honrosa para a Kaiser Bock, primeira cerveja “especial” que tomei na vida, diferente das “Pilsens” comerciais que dominavam o mercado brasileiro e que, infelizmente, não vem sendo mais produzida pela Femsa.

3) Melhor Sour ou Wild Ale produzida no Brasil (cervejas ácidas)
Morada CDB. Degustada “on tap” no Minas MixBeer de 2015, essa Gose foi uma deliciosa surpresa, com suas características cítricas e o toque salgado. Muito refrescante!

4) Melhor Barrel ou Wood Aged Beer produzida no Brasil (cervejas maturadas em madeira)
Bodebrown Wee Heavy Wood Aged Series. Grande cerveja! Complexa, grande impacto maltado e presença marcante da amburana.

5) Melhor Ale estrangeira à venda no Brasil
Del Ducato New Morning/Nuova Mattina. Uma Saison deliciosa e bastante refrescante.

6) Melhor Lager estrangeira à venda no Brasil
Ayinger Celebrator. Essa é uma Doppelbock de dar inveja. Menção honrosa para a Aecht Schlenkerla Rauchbier Märzen, outra cerveja alemã fabulosa!

7) Melhor Sour ou Wild Ale estrangeira à venda no Brasil (cervejas ácidas)
Cantillon Gueuze. Taí uma cerveja que valeria o desafio de tentar reproduzir.

8) Melhor Barrel ou Wood Aged Beer estrangeira à venda no Brasil (cervejas maturadas em madeira)
Harviestoun Ola Dubh Special Reserve 40. Muitas notas de uísque. A complexidade que a madeira passa para a cerveja é impressionante.

9) Melhor cerveja caseira
DosCaras California Common. Produzida pelos amigos Leonardo Nascimento e Ramon Garcia. Muito bem elaborada e com a escolha precisa da levedura capaz de trazer o perfil ideal ao estilo. Cerveja rara de se ver entre produtores caseiros. Parabéns!

10) Há algum estilo de cerveja que careça de mais oferta de rótulos no Brasil? Qual?
Estilos alemães clássicos. Sempre foram preteridos entre o público brasileiro. Não me refiro aqui às Lagers comerciais, “tipo Pilsen”. Depois da febre de cervejas belgas, agora é a hora de se beber as IPAs, as RISs, as “Sours” e as “Wood Aged Beers”. Porém, poucas cervejarias se dedicam a fazer uma boa Pilsner (boa mesmo!) ou uma Kölsh, estilo que tem tudo para agradar muito ao paladar do brasileiro, que busca cervejas mais leves e refrescantes. Ainda nos falta uma cerveja bem executada nos estilos clássicos de Lagers européias, cervejas bem desafiadoras para serem produzidas.

10a) Em 2015, você consumiu mais cervejas…
Nacionais

10b) Da mesma forma, em 2015 você tomou mais…
Chope/growler

11) Melhor bar cervejeiro ou brewpub ou taproom nacional
Cervejaria Seu Romão. Atendimento familiar, com excelente cardápio de comidas e uma carta bacana de cervejas especiais. Aumentou, no final do ano de 2015, a quantidade de bicos, além de criar o Clube do Growler. Sem falar que é o lugar ideal para beber uma cerveja e acompanhar os jogos do GALO!

11a) Melhor restaurante brasileiro com oferta de cervejas
Rima dos Sabores. É o restaurante com o cardápio mais saboroso de Belo Horizonte. Ou melhor, com o cardápio mais “porco” de Belo Horizonte! (risos)… Parabéns ao Juliano e toda a sua equipe, que sabem muito bem como atender e satisfazer o cliente.

11b) Qual o local brasileiro em que você tomou chope na melhor condição de qualidade?
Pátio Cervejeiro da Backer. Com um cardápio incrível, a Backer tem um dos locais mais agradáveis para se tomar uma cerveja e comer bons pratos. É uma experiência excelente!

12) Melhor mídia cervejeira (blog, site, podcast, videocast, canal de Youtube, programa de rádio, programa de TV etc)
O Cru e o Maltado. Aqui não faltam alternativas boas. Porém, vale o destaque ao “O Cru e o Maltado”, blog que gosto bastante de acompanhar.

12a) Melhor site de cervejaria nacional
Cervejaria Bodebrown

12b) Melhor comunicação visual de cervejaria nacional
Urbana. Acho muito divertidos os rótulos e nomes das cervejas.

13) Melhor sommelier/sommelière de cerveja brasileiro(a)
Gustavo Renha. Admiro muito o trabalho do Gustavo, pois acompanho sua dedicação e esforço. É um cara extremamente merecedor!

14) Melhor evento cervejeiro nacional
Brasil Brau. Mesmo com o surgimento de diversos eventos novos, Brasil Brau continua o melhor evento técnico do setor cervejeiro.

15) Melhor fato cervejeiro do ano
Aumento da capacitação e da profissionalização do meio, através dos cursos de formação especializados.

16) Pior fato cervejeiro do ano
Pode ser lugar comum, mas os impostos sobre a cerveja se tornam cada dia mais cruéis com o segmento das cervejas especiais.

17) Previsão cervejeira para 2016
Mesmo com a crise que a economia brasileira vem enfrentando, acredito que o mercado de cervejas especiais no Brasil continuará expandindo em 2016, com o surgimento de novas cervejarias e de novos rótulos.

18) O que você entende por escola cervejeira?
Um conjunto de características regionais e históricas que definem as características dos produtos produzidos naquela região.

18a) Na sua opinião, o Brasil conseguirá ter uma escola cervejeira própria um dia?
Não. Apesar de características muito particulares, a história cervejeira brasileira é muito recente. Nos falta o componente temporal na formação do nosso “terroir”.

19) A situação econômica do Brasil fez com que você alterasse projetos e hábitos cervejeiros? De que forma?
Nesse momento, a despeito da situação desfavorável da economia do País, sou parte de um projeto desafiador e corajoso, a implantação da primeira filial da América Latina da cervejaria alemã Hofbräuhaus. Mesmo com a crise, os proprietários decidiram investir num mercado crescente e apostar na força de um projeto bem planejado e sólido para obter sucesso, independentemente do cenário desanimador no qual se encontra o Brasil. Sendo assim, até o momento, não fomos afetados pela crise.

20) O que você acha de negociações (aquisição, fusão etc) entre grandes grupos cervejeiros e micro cervejarias?
Temo pela possibilidade de enfraquecimento do setor pela perda da capacidade competitiva. Porém, entendo que é parte da dinâmica dos mercados esses processos de aquisições e fusões.

21) Você ou sua empresa tem/têm alguma relação profissional/comercial com alguma das marcas e empresas citadas nos votos? Em caso afirmativo, favor especificar quais:
Não. Em todos os meus votos, fiz questão de evitar o “auto voto”, como forma de valorizar a produção de colegas que dão duro e trabalham pesado para fazer desse um setor cada dia mais forte e consolidado.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s