Tiago Beetz

TiagoBeetz

Nome: Tiago Beetz
Cidade/Estado: Piraquara/Paraná
Bio: Sou formado em Tecnologia em Eletrônica pela UTFPR. Estou dedicado à produção de cervejas há mais de 6 anos, passei de cervejeiro caseiro a profissional da área. Sou proprietário da marca Cerveja Tormenta  e atuo diariamente como cervejeiro na empresa Gauden Bier.
Atuação na cerveja: Cervejeiro(a) profissional/Mestre cervejeiro(a), Cervejeiro(a) caseiro(a), Sommelier/Sommelière, Juiz/Juíza BJCP
Site/blog: www.cervejatormenta.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/CervejaTormenta/
Twitter: https://twitter.com/cervejatormenta
Instagram: https://www.instagram.com/cervejatormenta/
Untappd: não informou

***

1) Melhor Ale produzida no Brasil
Tormenta Hoppy Day. É a cerveja que eu mais gosto de tomar. Uma IPA dourada, aromática, leve, refrescante.

Onde você a provou?
Evento/festival cervejeiro, Bar/restaurante/loja, Cervejaria/brewpub, Em casa

1a) Melhor IPA produzida no Brasil (American, English, Session, Imperial, Black, Belgian etc)
Seasons Holy Cow #2. É impressionante o aroma dessa cerveja, lupulagens pesadíssimas ao bom estilo Seasons de ser. Parabéns!!!

1b) Melhor Stout produzida no Brasil (Sweet, Dry, Export, Imperial etc)
DUM Petroleum.

2) Melhor Lager produzida no Brasil
Morada Double Vienna. Ótimo equilibrio entre malte e lúpulo nessa cerveja única.

Onde você a provou?
Evento/festival cervejeiro, Bar/restaurante/loja, Cervejaria/brewpub

2a) Melhor Bock/Doppelbock produzida no Brasil
Gauden Bock. Tomei muito pouco desse estilo esse ano.

3) Melhor Sour ou Wild Ale produzida no Brasil (cervejas ácidas)
Morada CDB. Cerveja com um toque de limão e sal que combina muito bem com a acidez. E ainda pode usar para cozinhar caranguejos, receita comprovada e testada pelo criador.

4) Melhor Barrel ou Wood Aged Beer produzida no Brasil (cervejas maturadas em madeira)
Não tenho voto nesse estilo.

5) Melhor Ale estrangeira à venda no Brasil
Green Flash Palate Wrecker. Com certeza a melhor Imperial IPA do ano.

6) Melhor Lager estrangeira à venda no Brasil
Não tenho voto nessa categoria.

7) Melhor Sour ou Wild Ale estrangeira à venda no Brasil (cervejas ácidas)
Triporteur Wild & Funky. Ótima acidez, forte sem ser agressiva e equilibrada com o corpo da cerveja.

8) Melhor Barrel ou Wood Aged Beer estrangeira à venda no Brasil (cervejas maturadas em madeira)
Não tenho voto nessa categoria.

9) Melhor cerveja caseira
Rauchbier. Gostei muito da Rauchbier ganhadora do concurso paranaense da acerva, parabéns Marlon Hammes, a cerveja estava ótima.

10) Há algum estilo de cerveja que careça de mais oferta de rótulos no Brasil? Qual?
Não acredito que exista falta de estilos no mercado, apenas gostaria de tomar melhores exemples de quase todos esses estilos ofertados.

10a) Em 2015, você consumiu mais cervejas…
Nacionais

10b) Da mesma forma, em 2015 você tomou mais…
Chope/growler

11) Melhor bar cervejeiro ou brewpub ou taproom nacional
Hop’n Roll. Um bar que representa muito bem como é a cerveja aqui em Curitiba.

11a) Melhor restaurante brasileiro com oferta de cervejas
Old West Restaurant. Ótima variedade na carta de cervejas que harmonizam muito bem com as deliciosas opções de steaks ou comida mexicana do restaurante.

11b) Qual o local brasileiro em que você tomou chope na melhor condição de qualidade?
Cervejaria da Vila.

12) Melhor mídia cervejeira (blog, site, podcast, videocast, canal de Youtube, programa de rádio, programa de TV etc)
All Beers. Admiro muito o emprenho do Raphael com o All Beers. Ele faz um ótimo trabalho a muitos anos, parabéns.

12a) Melhor site de cervejaria nacional
Seasons.

12b) Melhor comunicação visual de cervejaria nacional
Tormenta. Gosto muito da história que cada cerveja tem, desde a criação do nome até a arte do rótulo.

13) Melhor sommelier/sommelière de cerveja brasileiro(a)
Não consigo avaliar.

14) Melhor evento cervejeiro nacional
Festival Brasileiro da Cerveja, em Blumenau. Versão 2015 ainda foi o melhor evento de cervejas do País. A maior variedade, as melhores cervejarias, a melhor estrutura e o maior encontro de amigos.

15) Melhor fato cervejeiro do ano
A mobilização das pessoas do meio e próximas para entrar em contato com políticos para mostrar que queremos a inclusão das micro cervejarias no sistema simples Nacional.

16) Pior fato cervejeiro do ano
A voracidade daquela grande empresa em comprar as menores e dominar o mercado, bares e lojas que antigamente vendiam apenas cervejas locais ou de pequenas cervejarias, hoje ganham em descontos e produtos algo absurdo, em troca de tirar espaço das menores marcas.

17) Previsão cervejeira para 2016
Mais compras de cervejarias menores pela gigante. Maiores dificuldades de preço devido a economia atual. Criação de várias novas cervejarias. Primeiras cervejarias e marcas deixando o mercado. Maiores dificuldades no Simples Nacional, agora tem que aprovar no Senado e depois no Presidente. (se tivermos um).
Em meio a tudo isso a minha previsão é de muito trabalho pela frente, muito esforço e dedicação fazendo o que eu gosto. Produzindo e evoluindo a Tormenta, independente da baderna que fazem nesse Pais, eu faço a minha parte e torço por melhoras do Brasil.

18) O que você entende por escola cervejeira?
Acredito na história das 4 escolas cervejeiras. Alemã, belga, inglesa e americana. Acho que as variações dentro de cada uma são boas, e hoje em dia é impossível criar uma nova escola com o tanto de invenções que existem por aí.

18a) Na sua opinião, o Brasil conseguirá ter uma escola cervejeira própria um dia?
Não. Pois usar ingredientes regionais não é criar escola cervejeira, e hoje em dia é o que mais se percebe por aqui.

19) A situação econômica do Brasil fez com que você alterasse projetos e hábitos cervejeiros? De que forma?
Esse foi um ano que menos tomei cervejas importadas, pelo preço, pela qualidade da importação, pelo aumento das opções nacionais, pela falta de tempo. Por inúmeros fatores, mas o econômico também influenciou.

20) O que você acha de negociações (aquisição, fusão etc) entre grandes grupos cervejeiros e micro cervejarias?
“Onde o dinheiro chegou e não comprou é porque ainda não foi dinheiro suficiente” Essa é a negociação deles. Sou contra essa política abusiva de poder e dinheiro que eles impõem, mas cada um sabe o que faz com sua empresa. A única coisa que sei é que eles não vão parar tão cedo. Estamos aqui na resistência prontos para a batalha.

21) Você ou sua empresa tem/têm alguma relação profissional/comercial com alguma das marcas e empresas citadas nos votos? Em caso afirmativo, favor especificar quais:
Sim. Minha relação comercial é de proprietário da Cerveja Tormenta e funcionário da empresa Gauden Bier.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s